NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE TESES, DISSERTAÇÕES E MONOGRAFIAS
Maurício GARCIA e Maristela Franzoi NEVES

Regras para elaboração de tabelas e figuras

Tabelas

A ABNT define normas para tabelas e figuras através das normas NBR 6029 e NBR 6822. Nestas normas, há uma distinção entre tabelas e quadros. As tabelas apresentam informações tratadas estatisticamente e os quadros contêm informações textuais agrupadas em colunas.

As tabelas e os quadros devem ser numeradas seqüencialmente com números arábicos e listadas no pré-texto. O título das tabelas deve ser objetivo. A inclusão do ano e do local no título da tabela não é obrigatória e só deve ser feita quando for necessário à compreensão dos dados tabulados. Não devem ser usadas linhas verticais e as linhas horizontais devem se limitar ao cabeçalho e ao rodapé da tabela. Exemplos:

Tabela 12

Valores médios (± desvio padrão) da dosagem de
hemoglobina em hamsters tratados com ciclosporina.


        Grupo         n             Hemoglobina (mg/dl)

I             5             18,3 (± 3,2)*
II            5             14,2 (± 1,3)*

n = número de animais, grupo I = tratado, grupo II = controle
* valores estatisticamente diferentes (p < 0,01)

 

Quadro 3

Membros dos Conselhos Consultivos da ABPL em 1997 e 1998.


19971998

Antônio Albuquerque
Epitácio Portella
José Gustavo de Almeida
Zilda Lúcia Silva Lima
Antônio Albuquerque
Bernardo Guimarães Toledo
José Gustavo de Almeida
Manuel da Silva Gomes

Fonte: IBGE, 1999

Figuras

Segundo a ABNT, gráficos, diagramas, desenhos, fotografias, mapas, etc., devem ser tratados pela designação Figura. As figuras devem ser numeradas seqüencialmente com números arábicos e listadas no pré-texto. O título da figura deve ser colocada na sua parte inferior.


[Início] Última atualização: 11/02/2006